Publicado na CompliancePME em 8 de março de 2024

A Controladoria-Geral da União (CGU) disponibiliza, nesta quarta-feira (6/3), a plataforma eletrônica para empresas aderirem ao Pacto Brasil Pela Integridade Empresarial. A participação é voluntária e realizada pela submissão no sistema do Termo de Adesão assinado e pela realização da Autoavaliação das medidas de integridade no prazo de 180 dias após a assinatura do termo.

A empresa que adere ao Pacto assume publicamente o compromisso com a integridade em todo ciclo de negócios e é diretamente beneficiada ao atrair clientes, funcionários, fornecedores e parceiros que adotam a mesma postura.

Além disso, a empresa participante terá o nome divulgado no site do PACTO BRASIL e poderá utilizar o selo de empresa signatária do programa em seu site e peças institucionais.

Tudo isso constitui publicidade positiva e ganho reputacional relevantes para a empresa signatária do PACTO BRASIL, que terá seu nome vinculado a um tema que ganha cada vez mais adesão e reconhecimento do mercado e da sociedade.

As medidas de integridade podem gerar, ainda, proteção para a empresa, ao evitar a ocorrência de fraudes e irregularidades por parte de funcionários e parceiros.

Todas as empresas com sede, filial ou representação no território brasileiro, independentemente do porte ou setor de atuação, bem como outras entidades privadas, capazes de implementar medidas de integridade, podem aderir ao Pacto.

Pacto

O PACTO BRASIL pela Integridade Empresarial é uma iniciativa da Controladoria-Geral da União (CGU) que estimula empresas que atuam no país a assumir, voluntariamente, compromisso público com a integridade empresarial.

Benefícios

Ao aderir ao PACTO BRASIL, a empresa manifesta publicamente o seu compromisso com a integridade empresarial. Com isso, ela demonstra o compromisso com a ética, a preservação ambiental e o respeito aos direitos humanos e trabalhistas. Com a adesão, a empresa também sinaliza a parceiros de negócios e a toda sociedade que compreende a integridade como elemento essencial e demonstra engajamento com um ambiente corporativo mais justo, íntegro e competitivo.

Publicada originalmente no GOV.br