Publicado na CompliancePME em 6 de outubro de 2023

O Ministério da Fazenda lançou nesta 3ª feira (3.out.2023) o “Faz Integridade”, programa interno com uma série de ações voltadas aos funcionários do ministério. A iniciativa propõe medidas de combate a estes pontos:

  • risco de fraude e corrupção;
  • risco de desvio de função e de finalidade;
  • risco de conflito de interesses;
  • risco de disseminação indevida com informações;
  • risco de desvio ético ou de conduta;
  • risco de preconceito; e
  • risco de assédio moral e sexual.

O ministro Fernando Haddad esteve à frente da cerimônia realizada com funcionários da Fazenda, na sede do ministério. “Esse plano de integridade terá inclusive esse papel de mostrar para a sociedade que tudo é acompanhado com o maior rigor, maior transparência, maior zelo”, disse durante o lançamento.

Haddad também voltou a criticar a administração anterior, do ex-ministro da Economia Paulo Guedes. “Tem sido muito prazeroso, apesar dos esforços que estamos fazendo, que não são pequenos, para colocar ordem nessa bagunça que nós herdamos”, declarou.

O programa lista entre as prioridades:

  • prevenir;
  • acolher;
  • incluir;
  • apoiar;
  • ecoar;
  • negar;
  • unificar;
  • proteger;
  • diversificar;
  • transparecer.

Além de Haddad, participaram da cerimônia de lançamento:

  • secretário-executivo da Fazenda, Dario Durigan;
  • subsecretária de Orçamento e Administração, Juliana Pinheiro de Melo;
  • chefe da Assessoria Especial de Controle Interno, Dany Andrey Secco.

Publicada originalmente no site Poder360